Blog - Já experimentou o vinho Xerez?

Deslizar para a direita

2021-09-13

Já experimentou o vinho Xerez?

O xerez é um vinho fortificado produzido na região de Jerez de la Frontera, no Sul de Espanha. Sendo um vinho tão diferente dos demais, é um pouco difícil considera-lo vinho sequer, é como um tipo de bebida diferente.

A casta principal nesta região espanhola é a Palomino, uma uva branca que costuma produzir vinhos neutros, pouco encorpados e com pouca acidez. O xerez é feito unicamente desta variedade, mas o xerez mais doce pode conter também uva Moscatel ou Pedro Ximénez.


Como é feita a fortificação?

Durante a fermentação, é adicionado álcool vínico ao xerez, o que pode resultar em duas bebidas muito diferentes: um vinho muito seco ou outro muito doce. Basicamente, a fortificação serve para aumentar o teor alcoólico do vinho.


Tipos de Xerez

  • ⦁ Secos: existem o Fino e o Manzanilla, que se diferem pelo local de produção. Ambos são claros, com 15% de álcool. Devem ser bebidos jovens.

  • ⦁ Oxidativos: têm uma cor mais acastanhada, soa intensos, encorpados e saborosos. Também são mais macios e complexos. Existem o Amontillado, Palo Cortado e Oloroso.

  • ⦁ Doces: há alguns tipos de Xerez mais doce, mas o mais conhecido é o Pedro Ximenez, que é uma bebida mais escura.


Xerez harmonia com alimentos?

Sim! Mas tem de encontrar os alimentos certos para o tipo de xerez. Veja as nossas sugestões.

  • ⦁ Xerez seco: este é muito versátil. Combina com marisco, peixes brancos, queijos suaves e frescos, pratos com ovos, sushi e sashimi, presunto, chouriço, fruta fresca, saladas.

  • ⦁ Xerez oxidativo: carnes brancas, cordeiro, porco, peixes gordos (salmão, atum e bacalhau), pratos de caril, queijos curados, carnes de caça e pratos com cogumelos.

  • ⦁ Xerez doce: sendo doce, vai ficar bem com sobremesas, como chocolate, frutas, queijos azuis e gelados.  

    Foto de Caroline Hernandez por Unsplash

Voltar