Blog - Quais os tipos de rolhas e as suas diferenças

Deslizar para a direita

2021-05-10

Quais os tipos de rolhas e as suas diferenças

As rolhas formam uma parte essencial da garrafa de vinho, graças ao característico som ao abrir a garrafa com saca-rolhas. É aqui que começa a experiência do consumo do vinho. Porém, a utilidade da rolha vai muito para além disto, pois a função dela é vedar bem o vinho dentro da sua garrafa de vidro.

Existem 4 tipos de rolhas com diferentes finalidades. Vejamos quais são.

Rolha natural

As rolhas naturais (de cortiça) fazem com que os vinhos evoluam perfeitamente, sem perderem os seus aromas. O baixo nível de oxigénio dentro da garrafa assegura o envelhecimento do vinho com qualidade. Além disso, estas rolhas são ideais para vedar o vinho, uma vez que se adaptam às irregularidades do gargalo, mesmo que o vidro contraia ou dilate, conforme as diferenças de temperatura.

Rolha capsulada

Uma parte destas rolhas é feita de cortiça, a outra de plástico. São usadas em bebidas de alto teor alcoólico, como licores, whisky, Vinho do Porto ou Moscatel de Setúbal. Esta rolha é desenhada para ser reutilizada, pois estas bebidas não podem ser consumidas de uma só vez.

Rolha micro granulada

Estas rolhas têm uma aglomeração de excedentes ou granulados de cortiça, que são provenientes da produção das rolhas naturais de cortiça. Também garantem a vedação perfeita do vinho dentro da sua garrafa, mas são mais usadas em vinhos mais baratos, durante um período máximo de 2 anos.

Rolha de Champanhe

Existem ainda rolhas produzidas especificamente para garrafas de champanhe/espumante. O seu formato é diferente das rolhas naturais, pois o seu diâmetro é superior no topo e menor em baixo. São assim porque precisam de suportar as altas pressões das garrafas de champanhe (que causam o disparo típico ao abri-las); as outras rolhas não conseguem suportar este tipo de pressão.

Imagem de Nuno Santos por Pixabay 

Voltar